Uma mãe denunciou os dois filhos adolescentes após ter sido ameaçada de morte por eles no início na noite dessa quarta feira (24) em Pinhão.

A mulher procurou a Polícia Militar às 19h25 e disse que seus dois filhos, de 15 e 17 anos, a ameaçaram de morte após ela proibir que eles usassem substâncias entorpecentes.

Na casa dela, na Rua Domingos Ferreira de Oliveira, no bairro Colina Verde, os policiais encontraram uma arma de fogo, uma espingarda calibre 28, além de munição e uma caixa de som e um celular Samsung (furtados ontem (24)).

O adolescente de 17 anos estava na casa e afirmou que a arma era dele e que os demais objetos seriam de seu irmão. Durante a busca domiciliar, um dos componentes das equipes estava fazendo a segurança em frente à residência, quando o outro filho adolescente, de 15 anos, se aproximou do portão de entrada, portando um pedaço de madeira de aproximadamente 1,2 metros. Foi dada voz de abordagem ao jovem, mas ele desobedeceu e investiu contra o policial no intuito de acertá-lo. O policial efetuou dois disparos de arma de fogo para o chão. Após o segundo disparo, o adolescente largou o pedaço de madeira e fugiu em direção a um matagal, não sendo possível ser realizada a sua abordagem.

Os objetos e arma apreendidos foram encaminhados até a Delegacia de Pinhão, juntamente com os envolvidos.