Um rapaz de 18 anos agiu de forma agressiva com a esposa e com os filhos após ser acordado pelo choro de uma criança de quatro meses na noite dessa segunda feira (24 de setembro) no distrito da Palmeirinha, em Guarapuava.

De acordo com a Polícia Militar, o fato ocorreu às 22h05, na Rua Eugênio Branco. Conforme a mulher, de 22 anos, seu marido, após se embriagar, foi para o quarto da residência e, em determinado momento, o filho do casal, de quatro meses, que se encontrava no berço chorou, acordando o indivíduo, que levantou e começou a agredir a solicitante e seus filhos. O autor pegou um filho da vítima, de cinco anos, pelo pescoço e o jogou para fora da casa. Em seguida, derrubou a mulher com o bebê no colo no chão.

A vítima conseguiu fugir da residência com seu filho maior, deixando o bebê com o autor. Os familiares do agressor foram até sua residência, pegaram o bebê e levaram até a mãe. Após alguns minutos, o indivíduo de posse de uma faca, foi até a residência onde estava sua esposa, e tomou o bebê à força.

Quando os PMs chegaram, o homem estava atrás da porta, com uma faca e segurando seu filho no colo, se recusando a atender a equipe, dizendo que se entrassem na residência, iria matá-los. Não havendo acordo, a equipe se afastou para pedir apoio, momento que o homem deslocou até a residência de seus pais, se escondendo em um quarto e continuou proferindo ameaças de morte à equipe policial.

Os policiais pediram apoio da Rotam, que inicou a negociação com o agressor, que se entregou sem resistência.

O bebê foi encaminhado à UPA do Batel para maiores exames e ficou sob os cuidados da avó.

As partes envolvidas foram encaminhadas até a 14ª SDP, em Guarapuava.