Uma funcionária e um aluno do Colégio Agrícola (Centro Estadual de Educação Profissional Arlindo Ribeiro) de Guarapuava foram esfaqueados em um ponto de ônibus na noite dessa sexta feira (22 de junho), no bairro Industrial. Inicialmente, a informação era de que houve uma briga de casal e que teria acabado com os dois feridos.

Porém, em contato com o GRMais, uma familiar da mulher passou a versão correta do crime. De acordo com ela, a mulher saiu do trabalho no Colégio Agrícola e estava esperando ônibus, e o rapaz que estava junto é estudante do mesmo Colégio. “Um homem chegou e pediu R$ 50 reais. Eles disseram que não tinham, aí o meliante esfaqueou o rapaz no peito. Enquanto isso ela correu pedir ajuda, mas o bandido a alcançou e deu duas facadas nas costas dela”, contou a familiar.

Ainda segundo ela, “por sorte um rapaz passava de carro e o aluno conseguiu pedir ajuda. Foi onde chamaram o Samu”.

A mulher foi encaminhada para atendimento médico no Hospital Santa Tereza. O rapaz foi para o Hospital São Vicente de Paulo, onde passou por uma cirurgia. Os dois estão com quadro de saúde estável na manhã deste sábado (23).