Peças tendência outono/inverno garimpadas em bazar

28

No vídeo dessa semana nós mostramos algumas produções que fizemos com roupas que são tendência nessa temporada outono-inverno com peças que encontramos em um bazar beneficente. Para ninguém duvidar das referências colocamos as fotos que nos inspiraram ao lado pra perceber a semelhança entre elas e as que encontramos!

Com esse exercício chegamos a algumas conclusões:

  1. A moda é cíclica, por isso peças que um dia fizeram sucesso podem voltar a fazer por uma questão de retrend mesmo. Quem diria por exemplo que a calça cintura alta estaria tão forte e que o mínimo indício de que o cós tipo Britney Spears anos 2000 está de volta assusta a todos?
  2. Por ser cíclica não devemos desprezar as roupas antigas e portanto brechós, bazares e relíquias das avós e tias podem ser um aliado nesse momento para consumir roupas de uma maneira mais sustentável tanto para o bolso quanto para o meio ambiente.
  3. Nem toda a tendência precisa ser seguida à risca. No vídeo vocês podem ver, escolhemos um macacão vermelho de suplex pra fazer a tendência all red. De fato o que tá rolando nas passarelas não é o tecido colante que achamos, mas quem disse que não pode ser reproduzido assim? O mesmo vale pra peças que você já tem em casa. Será que alguma delas já cabem no que dizem estar em alta? Quem não tem um brinco de argola que parou de usar quando tinha 15 anos?
  4. Não é porque é tendência que você precisa usar. Você acha que a Nicoly escolheu reproduzir as trends alfaiataria e xadrez por acaso? Óbvio que não, são os padrões que mais tem a ver com o estilo dela. Já eu fui para o mais colorido. O importante não é “estar na moda” mas sim vestir o que te faz sentido sendo o grito da estação ou não.