A taça do Mundial de Clubes conquistada pelo Corinthians em 2012 não será mais penhorada. Determinada na quinta-feira (8), a penhora foi suspensa pelo desembargador Paulo Pastore Filho da 17ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo nesta sexta (9). A decisão vale até o julgamento do mérito ser feito pelos demais desembargadores da Câmara em questão, o que ainda não tem data para ocorrer.

O mandado de penhora havia sido expedido pelo juiz Luís Fernando Nardelli, da 3ª Vara Cível de São Paulo a pedido do Instituto Santanense de Ensino Superior, instituição que cobra do clube uma dívida de R$ 2,48 milhões desde 2008.

Logo após a decisão, o presidente Andrés Sanchez falou sobre o problema e prometeu pagar os valores. “Estamos há dois meses negociando um acordo, estava bem adiantado, mas infelizmente os advogados queriam uma nota midiática e fazer esse negócio da taça. Os advogados devem torcer para outro time e fizeram isso”, ironizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here