Um homem identificado como João Claudio Bueno da Silva, 36 anos, foi preso nesta terça-feira (21), por duplo homicídio e abuso sexual. Ele estava foragido da cadeia pública de Ponta Grossa.

O suspeito teria ido até uma chácara, em Ortigueira, onde a prima morava com o marido e a filha, de 11 anos. Ele teria solicitado dinheiro para a mulher, que teria dito que não tinha, quando ele a matou com várias facadas. O marido da vítima teria chego no local e foi atingido com uma marreta na cabeça, desmaiando na hora. A criança ainda teria sido estuprada antes de João Claudio deixar o local.

Os policiais foram até o local do crime após ouvirem testemunhas, fizeram buscas pela cidade até que, dentro da casa do suspeito, encontraram o corpo da esposa dele enrolado em um lençol, também com marcas de facadas.

O homem foi localizado em uma rua da cidade e foi preso. Ele confessou os dois assassinatos, mas negou que tivesse abusado sexualmente da sobrinha.

Ele alegou que cometeu os crimes, pois, os familiares estariam perturbando ele. Ele foi levado à delegacia de Ortigueira. A menina passará por exames para comprovar o estupro.