Lideranças empresariais e públicas paranaenses participam, até o dia 10 de setembro, da missão técnica do Programa Fronteiras Cooperativas, desenvolvido no sudoeste do Paraná, em cidades que dividem seu território com a Argentina. A iniciativa do Sebrae/PR e da Associação de Regiões de Fronteira da Europa (Arfe) visa a formação de lideranças e estreitamento de relações com Portugal e Espanha, com o foco na melhoria do ambiente de desenvolvimento das cidades de fronteira. Representantes de universidades instaladas no sudoeste do Estado também integram a missão, com 21 brasileiros e argentinos.

O grupo participa de workshops e visitas técnicas em cidades portuguesas e espanholas, como Lisboa, Évora, Montánchez, Cáceres, Salamanca, Zamora, Santiago de Compostela e Porto. Na programação das lideranças, seminários de capacitação no Centro de Estudos Ibero-americanos da Universidade de Salamanca, referência histórica da Europa. Na pauta, relações comerciais e de desenvolvimento entre Brasil, Argentina e Europa, bem como modelos de fronteiras, em especial o “case” da Euro Região Duero/Douro, considerado um dos melhores exemplos de desenvolvimento integrado de fronteira de Portugal e Espanha.

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, destaca que a missão é importante para conhecer experiências de cooperação transfronteiriça, a partir de países e regiões que têm aspectos peculiares à fronteira Brasil e Argentina, no sudoeste do Paraná. Para Tioqueta, esses modelos territoriais agregam experiências de desenvolvimento que podem ser compartilhadas com o setor produtivo, principalmente no apoio às micro e pequenas empresas.

“O fomento ao desenvolvimento de municípios de faixa de fronteiras encontra-se ligado às tendências de apoio ao fortalecimento e melhoria do ambiente de negócios, por meio das micro e pequenas empresas. Conhecer boas práticas para promover a cooperação em vários aspectos é um aprendizado para as lideranças das cidades paranaenses que estão nesta missão”, analisa Tioqueta.

Para o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, outro ponto importante está na preparação de líderes tanto do Brasil, quando Argentina.

“As atividades fazem parte da estruturação dos grupos de trabalho e preparação de líderes para o planejamento integrado e busca das soluções e planos de melhoria para o território, que tem como âncoras as cidades de Capanema, Planalto, Santo Antônio do Sudoeste, Barracão e Dionísio Cerqueira, pelo Brasil, e Comandante Andresito, San Antonio e Bernardo de Irigoyen, na Argentina”, projeta Campagnolo.

Até o dia 10 de setembro, o grupo com presença dos prefeitos de Capanema e Planalto, Américo Bellé e Inácio José Werle, respectivamente, segue em missão com autoridades das Euro Regiões, contraindo, além do conhecimento, oportunidades para intercâmbios universitários e para negócios. As Euro Regiões visitadas na missão envolvem a Galícia-Norte, Centro-Castilla León e Alentejo-Extremadura. Entre os argentinos participantes estão os empresários Jorge Segundo Feldman, Leo Angelo Zanella Junior e Talita Casagrande.

Sobre o Sebrae/PR

O Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná, criado na década de 1970, é a instituição que mais entende de pequenos negócios e possui a maior rede de atendimento do País. No Estado, conta com 6 regionais, 13 escritórios, e chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, consultorias, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas. Soluções com foco em ambiente de negócios, educação empreendedora, empreendedorismo e gestão, alto potencial, potencialização, liderança e startups.