A dor de perder um filho acabou tirando a vida de uma idosa nesta sexta-feira (16), em Curitiba. A mulher, de 72 anos, acompanhou o familiar agonizando enquanto o homem era levado para a Unidade de Pronto Atendimento do Fazendinha, após ser baleado na frente de sua casa, na Vila Sabará, no bairro Cidade Industrial de Curitiba. O homem não resistiu aos ferimentos, e chegou na unidade morto. A idosa teve três paradas cardíacas, e também faleceu.

De acordo com informações de Carlos Henrique Silva Lima, chefe de inteligência do 11º Distrito Policial, o homem foi baleado ao chegar em casa, por volta das 6h, pelo dono de um bar há cerca de uma quadra de sua residência. A vítima teria se envolvido em um desentendimento com o homem, que o espancou ainda no estabelecimento e depois foi até sua casa para tirar satisfações. A esposa da vítima e duas filhas do casal, de 14 e 19 anos, presenciaram o crime. A mulher chegou a implorar para que o autor dos disparos não atirasse.

O homem foi atingido por cinco tiros no peito e um na cabeça. Ele foi socorrido pelo cunhado, e levado para a UPA, onde chegou morto. O suspeito de ter realizado os disparos já foi identificado, mas não foi localizado. A Polícia Civil deve entrar com um pedido de prisão preventiva contra o homem.