Boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Paraná nesta quinta-feira (18) confirma mais um caso de morte pela gripe no Paraná. São cinco mortes e 31 casos confirmados. No ano passado, entre janeiro e abril, apenas um óbito foi registrado.

O novo óbito aconteceu na cidade de Santa Terezinha de Itaipu, no Oeste do Paraná (H3N2). Os outros casos aconteceram em Ampére (H1N1), Foz do Iguaçu (H3N2), Santa Izabel do Oeste (H1N1) e Cafezal do Sul (H3N2). No ano passado, foram 592 mortes pro gripe no Paraná.

Vacinação

Na próxima segunda-feira (23) começa a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Em Curitiba, a vacina estará disponível em todas as unidades de saúde para os públicos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. A vacinação ocorrerá de segunda à sexta-feira, até 1 de junho.

Em Curitiba, a meta é vacinar pelo menos 90% das 515 mil pessoas que integram o público-alvo, o que corresponde a 463,5 mil pessoas. Para receber a vacina, basta ir a uma das unidades básicas de saúde, levando um documento oficial e, dependendo do caso, a comprovação de que se enquadra no público-alvo (mais detalhes abaixo).

Vale ressaltar que a vacinação não será feita nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), locais destinados apenas ao atendimento de casos de urgência e emergência.

Em 12 de maio ocorrerá o Dia D da mobilização, um sábado em que alguns postos de saúde abrirão para a vacinação da gripe, ampliando o acesso dos usuários.