A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (29) a prisão de um ex-professor de Física, de 56 anos, suspeito de cometer crimes de ameaça, difamação, injúria e injúria racial contra colegas de profissão. Ele foi preso na tarde de terça-feira (28) no bairro Boa Vista, em Curitiba. O homem dava aula em uma escola estadual, no bairro Ahú.

Segundo a Polícia Civil, o ex-professor estava sendo investigado há aproximadamente dois meses. Desde então diversos professores e vice-diretores procuraram a polícia para registrar Boletim de Ocorrência, relatando que estavam sofrendo ameaças do homem.

A Polícia Civil informou que o homem foi até a agência central dos Correios, onde enviou cerca de dez caixas contendo fezes, dele próprio e de animais, bem como cascas de banana, que seriam encaminhadas para destinatários diferentes. Todos os alvos são funcionários do colégio onde ele trabalhava e também servidores da Secretária de Educação.

De acordo com a polícia, o homem parou de dar aulas em dezembro de 2016 e entendeu que o afastamento foi uma espécie de retaliação. Conforme apurado pela equipe policial, o ex-professor dava aulas no ensino público há cerca de 20 anos e foi afastado em razão de um Procedimento Administrativo Interno (PADI), o qual relatava que o suspeito se comportava de forma inadequada, não se entendia com os funcionários do colégio e também desrespeitava os seus superiores.

Ele foi preso e encaminhado para a carceragem do 3º DP, onde permanece preso à disposição da Justiça.