A Fetranspar – Federação das empresas de transporte de cargas do Estado do Paraná tem acompanhado as diversas mensagens que começaram a ser distribuídas via redes sociais durante o feriado, afirmando que os motorista vão parar na próxima segunda-feira (04).

Estamos monitorando e – o que vemos até então – é que se trata de Fake News, ou seja, notícias falsas que querem amedrontar a população e causar a desordem no país. Por isso, pedimos a todos que receberem essas mensagens para que não compartilhem em seus grupos a fim de não repercutir informações falsas.

Uma dessas mensagens mentirosas afirma que empresas transportadoras do Paraná, irão participar de ato em Brasília, enviando seus motoristas e caminhões na próxima segunda-feira à Capital Federal. Mentira! Nenhum empresário ou empresa cometeria essa insanidade é falsa notícia. E assim seguem muitas outras que visam confundir as pessoas durante o feriado prolongado.

Estamos alerta e se houver informações novas, a Federação vai informá-lo. Em tempo, a greve deflagrada há mais de 10 dias já perdeu intensidade. O abastecimento de produtos já está bastante avançado e acreditamos que, em alguns dias a normalidade voltará em todo o setor produtivo paranaense.

Em entrevista à Rádio Onda Sul FM o presidente da Fetranspar, Coronel Sergio Malucelli, reafirmou o que diz o comunicado da federação, ou seja, as notícias da mobilização são falsas, conhecidas como Fake News. Ouça a entrevista, na íntegra.

Além da federação das empresas, o sindicato dos transportadores autônomos do Sudoeste do Estado, o Sinditac, que representa cerca de 6 mil caminhoneiros, também afirma que as informações de uma nova paralisação não procedem.

Gilberto Gomes da Silva, um dos diretores do sindicato, gravou um vídeo e divulgou para a imprensa e através das redes sociais. O conteúdo tem por finalidade desmentir boatos gerados pela divulgação de notícias falsas.