O deputado federal e oficial da Polícia Militar aposentado Major Olimpio (PSL) acusa a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann de crimes contra a segurança nacional e contra o estado, após ela conceder entrevista à emissora de televisão árabe Al Jazeera, denunciando a prisão do ex-presidente Lula.

A representação contra a senadora foi protocolizada na Procuradoria Geral da República. Olimpio também requer que seja pedido a cassação do registro do Partido dos Trabalhadores.

Além da PGR, o deputado protocolou representação contra a petista no Conselho de Ética do Senado, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Supremo Tribunal Federal (STF).

PROTOCOLIZEI NA PGR REPRESENTAÇÃO CONTRA A SENADORA GLEISI HOFFMANN PARA QUE SEJA PROCESSADA PELOS CRIMES COMETIDOS CONTRA A SEGURANÇA NACIONAL E CONTRA O ESTADO, A ORDEM SOCIAL E POLÍTICA, AO CONVOCAR O “MUNDO ÁRABE” PARA LUTAR PELA LIBERDADE DO CRIMINOSO LULA.REQUERI TAMBÉM QUE SEJA PEDIDO A CASSAÇÃO DO REGISTRO DO PT POR ESSE ATO DA PRESIDENTE DE SEU PARTIDO.

Posted by Major Olimpio on Wednesday, April 18, 2018