Se você é daqueles que só se preocupa com a troca de óleo do carro quando aparece uma luz diferente no painel, é bom ficar ligado.

Há, no mercado, diferentes marcas e produtos para colocar óleo no motor e cada um deles tem uma durabilidade particular.

É por essa e outras razões que você precisa entender o mínimo do assunto para garantir o bom funcionamento do veículo. A troca de óleo do carro é extremamente importante para o prolongamento da vida útil de seu automóvel.

Você sabia que é esse óleo que mantém o motor lubrificado, sem ruídos estranhos no motor, reduzindo episódios de superaquecimento, falhas na partida, perda de potência e aumento no consumo de combustível?

Por tudo isso, trocar óleo do carro ajuda a evitar acidentes e salva vidas.

Procure conferir o nível do óleo em locais planos

O que acontece é que o veículo estava rodando e parte do óleo subiu para o motor para lubrificar as peças.

Esse tempo de pelo menos cinco minutos é necessário para o óleo retornar à posição ideal, proporcionando uma medição correta.

Antes disso, obviamente, vai parecer que seu veículo está com menos óleo do que realmente possui.

O carro precisa estar em um local plano antes de você puxar a vareta do medidor

O que a textura e a cor revelam sobre o óleo

Um dos mitos que costumam circular é de que o óleo escuro indica que precisa ser trocado.

Na verdade, essa cor escura quer dizer que o óleo está desempenhando muito bem sua função, que é limpar as peças do motor e lubrificá-las.

Outro fato importante é a textura. Quando o óleo está quente, ele fica mais fino. Você pode reparar isso em outros óleos.

Por exemplo, com o óleo de cozinha, quando ele esquenta a textura dele fica mais fina. Isso não quer dizer necessariamente que o óleo esteja ruim, mas sim que foi verificado no momento errado.

Existem alguns mitos por trás da cor e da textura do óleo