Terminou por volta das 21h00min desta terça feira, dia 05, o julgamento dos quatro acusados de envolvimento na morte do procurador de Chopinzinho, Algacir Teixeira de Lima, ocorrido no dia 16 de março de 2015.

O júri foi realizado no Fórum da Comarca de Guarapuava, onde ao final Darci Lopes de Aquino, autor dos disparos que tiraram a vida do procurador, foi condenado há 16 anos e 06 meses em regime fechado. Giovane Baldissera, o Pardal, foi condenado a 20 anos de prisão em regime fechado. João Rosa do Nascimento foi condenado a 15 anos de prisão em regime fechado e seu irmão Jeferson Rosa do Nascimento, foi condenado a 10 anos de prisão em regime semiaberto, uma vez que foi de menor importância sua participação no crime. Jeferson Rosa do Nascimento teve parte da sua pena já cumprida, e, portanto, restam ainda 07 anos, três meses e 12 dias de prisão.

Em julho de 2016, o casal Elvi Aparecida Haag e Nilton Ferreira, já haviam sido condenados a 15 anos de prisão cada um em regime fechado por participação no crime.

O júri começou às 09:00 da manhã de segunda feira, dia 04, onde foram ouvidas testemunhas e os réus. Na terça feira, dia 05, foi a vez dos debates entre acusação e defesa com o encerramento ocorrendo por volta das 21:00, com a leitura da sentença dos quatro acusados.

Resta agora apenas o julgamento do ex-prefeito Leomar Bolzani, o qual não tem data prevista para acontecer. Bolzani cumpre prisão domiciliar.