A greve dos caminhoneiros que afeta o País, já começa a dar resultados positivos para os grevistas. Alguns municípios da região de Guarapuava já estão registrando a falta de combustíveis nos postos.

Até o final da tarde desta terça feira (22 de maio), a falta de combustíveis já ocorreu em Turvo, Pitanga e Prudentópolis.

Os manifestantes asseguram que o fornecimento dos combustíveis, através dos motoristas autônomos (proprietários dos caminhões), só será normalizada após o fim da paralisação.

As rodovias federais do Paraná registram grande movimentação de caminhões e de motoristas, que mantém os veículos estacionadosem pontos estratégicos às margens das rodovias.

No final da tarde de hoje, os motoristas que realizam o transporte de estudantes universitários de Prudentópolis a Guarapuava também aderiram à paralisação. Os ônibus foram encostados às margens da BR 373, e o transporte dos estudantes não foi realizado.