O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná(DER) confirmou que as obras de pavimentação asfáltica da PR 912 entre Coronel Domingos Soares e Palmas terão início no segundo semestre deste ano. Ontem foi publicado no Diário Oficial do Estado o resultado final da licitação para pavimentação da rodovia Dom Agostinho José Sartori. Uma nova empresa foi habilitada para execução da obra com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento(BID)

Inicialmente, o consórcio Terraplan, de Chapecó (SC), foi declarado vencedor do certame, com um valor orçado em R$ 48,3 milhões para a obra.Porém, após análises do DER, constatou-se que o consórcio não cumpriu integralmente ao item 12.2.3 do edital, que previa a “prova de regularidade para com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal”.

Outra empresa, a Pavimentações e Terraplenagens Schmitt LTDA, que teria ficado em segundo lugar no certame, não comprovou experiência em contratos similares, conforme exigia o edital.

Agora, Tucumann Engenharia e Empreendimentos, de Curitiba, foi declarada vencedora da licitação com proposta de R$ 49,9 milhões. O valor representa um desconto de 26,2% em relação ao teto deste edital, que era de R$ 67,7 milhões.

A Ordem de Serviço havia sido dada no último dia 03 de abril pelo Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Valdir Rossoni.

Segundo o engenheiro do DER-PR Glauco Tavares Lobo, coordenador da Unidade de Gestão do Programa do BID, é uma obra muito importante para toda a região. Explicou que já está correndo o prazo de cinco dias úteis para que os participantes possam protocolar recursos administrativos, caso tenham alguma contestação em relação ao resultado da licitação. “Concluída essa etapa, esse prazo para recursos, poderemos homologar o vencedor e partiremos para a assinatura do contrato”, explica Lobo. Na sequência, será emitida a ordem de serviço para início da obra.

Serão 27,1 quilômetros de pavimentação, entre o final do asfalto da Avenida Araucária e o entrocamento da PR-449.
O investimento compreende terraplenagem, drenagem, pavimentação da rodovia, ciclovias, remanejamento de interferências, sinalização, obras complementares (cercas, passeios, lombadas, defensas, abrigos de parada de ônibus), paisagismo, desapropriação e melhorias ambientais. Os trabalhos terão duração de 20 meses.

O tão sonhado asfalto ligando os municípios de Coronel Domingos Soares a Palmas, no Sudoeste do Estado, vai se tornar realidade no início do segundo semestre deste ano. O Governo do Paraná publicou nesta quinta-feira (03) no Diário Oficial do Estado o resultado final da licitação para pavimentação da PR-912.