Padre Agenor concede entrevista ao Diário Reservense e fala sobre os preparativos da Festa em honra a Nossa Senhora de Belém

255

No próximo dia 03 de fevereiro, o município de Reserva do Iguaçu celebra mais uma edição da festa da padroeira, Nossa Senhora de Belém. O evento, tradicional no município, será na Paróquia Nossa Senhora de Belém, Rua João José Ribeiro, 236.

Na manhã desta sexta-feira (18) o Diário Reservense entrevistou o Padre Agenor o qual falou dos preparativos, a programação e também a emoção em estar realizando mais este evento, motivo de muita alegria para os munícipes reservenses.

Este ano, o tema escolhido para os festejos será: “Dízimo, fé e solidariedade”, em celebração a vida de cada dizimista da paróquia.

A Paróquia de Reserva do Iguaçu foi fundada no dia 25 de junho de 1998, atende a 15 comunidades, além da matriz.

Confira na integra a entrevista em aúdio:

 

HISTÓRIA

No Brasil, como em muitos países, a maioria das cidades foi fundada em torno de uma comunidade católica. Grande parte destas cidades têm nomes de santos ou algo que remeta ao cristianismo, ao catolicismo, em si. Com Reserva do Iguaçu, não foi diferente. Embora a cidade não leve o nome de santo, o catolicismo está tão arraigado na história do município que é impossível separar uma situação da outra.

A hoje paróquia Nossa Senhora de Belém, foi ponto chave para que muitos aspectos da cidade tivessem melhor direcionamento.

IMAGEM DA SANTA

Segundo a oralidade popular, a imagem de Nossa Senhora de Belém veio de Portugal em 1818, trazida por Laura Rosa da Rocha Loures. A caminho da região, a expedição foi atacada por índios Kaigangs, às margens de um rio. Devota da Virgem, Laura, por sua vez, fez a promessa de que, se conseguisse sobreviver ao ataque, construiria uma capela para homenagear Nossa Senhora. A mulher foi ferida, mas sobreviveu, apesar de muitos da expedição terem perdido suas vidas no ataque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here