Era para ter sido apenas mais uma colação de grau de uma faculdade de Campo Limpo Paulista (SP), se não fosse pela presença de um formando em especial. Quando foi anunciado o nome de Juliano Guerreiro Peinado, de 22 anos, os demais formandos, professores e até o público presente na cerimônia fizeram questão de ovacionar o estudante pela conquista.

Juliano sofreu uma paralisia cerebral provocada por falta de oxigênio quando estava prestes a nascer. Como consequência, teve uma parada cardíaca, e alguns neurônios e parte do cérebro sofreram lesões que ocasionaram danos motores e em áreas responsáveis pela sua fala. Além disso, foi diagnosticado com meningite com dois meses de vida.

Mesmo assim, ele driblou as dificuldades impostas por sua condição física e oral ao se formar como bacharel em Rádio, TV e Internet.

 O momento em que o estudante recebe o diploma e o reconhecimento de todos foi gravado por um professor.
Nas imagens é possível ver Juliano sendo levado de cadeiras de roda pelo pai até a frente da cerimônia para pegar o canudo. Ao passar pelo corredor, a plateia o aplaude em pé e de forma acalorada, com muitos gritos e assobios, como se estivesse em um grande festival musical. O estudante até levanta os braços em sinal de agradecimento e comemoração à multidão.

Em seguida, o pai de Juliano o levanta da cadeira de rodas e ele é recebido pelo professor Cléber Carvalho, que é quem o entrega o diploma. Os três ainda param para registrar o momento com algumas fotos, enquanto as pessoas presentes na cerimônia continuam ovacionando o estudante pelo feito.

Aluno dedicado

A duração do curso de Rádio, TV e Internet foi de quatro anos, período em que, segundo um colega de sala de Juliano, o estudante fez questão de frequentar assiduamente todas as aulas da grade curricular.

“Apesar dele ter uma limitação física, o cérebro é 100%. Ele é muito inteligente. Sempre foi um aluno muito presente, sempre participativo, se envolvia em todos os trabalhos que eram propostos”, conta Edvanderson Luiz Corrêa Dorta, que também trabalha no departamento de publicidade da faculdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here