RESERVA DO IGUAÇU

Prefeito Sebastião Campos assina a adesão de Reserva do Iguaçu ao Programa Caixa d'Água Boa

10 de setembro de 2019

O prefeito Sebastião Campos assinou nesta segunda-feira (9), em evento com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, a adesão de Reserva do Iguaçu ao programa Caixa d’Água Boa. A iniciativa viabiliza a instalação de caixas d’águas em casas de famílias carentes. A realização é uma parceria entre a Sanepar e Secretaria da Justiça, Família e Trabalho.


O governador destacou que a iniciativa gera dignidade para as famílias mais carentes do Paraná. “Esse programa se encaixa dentro um tripé de gestão composto por eficiência na máquina pública, investimentos em infraestrutura e visão social”, afirmou.


“O programa dá mais qualidade de vida para essas famílias. Ele garante o acesso à água tratada e uma reserva em caso de manutenção na rede. É um projeto social maravilhoso. A existência de uma caixa d’água pode passar despercebida, mas para as pessoas mais humildes faz toda a diferença”, completou Ratinho Junior. “Também é um programa preventivo. Ter água tratada disponível em casa evita uma série de doenças”.


O Caixa d’Água Boa visa a melhoria da qualidade de vida das famílias em situação de vulnerabilidade social. Os recursos são oriundos de um contrato do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que prevê regularização fundiária de assentamentos precários e produção ou melhoria de moradias urbanas e rurais – na qual se insere o programa.


"Nosso municipio ainda têm problemas com caixas d’água destampadas, que ajudam na proliferação de focos do mosquito transmissor de doenças. Esse programa pressupõe, também, orientação e consciência sobre o uso da água. A Sanepar doa os conjuntos compostos por reservatório domiciliar com capacidade de 500 litros, tubulação e base metálica e a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho promove um auxílio financeiro no valor de R$ 1 mil para investir na mão de obra necessária à instalação. O município será responsável pelo armazenamento e distribuição dos materiais que compõem o kit e fiscalizará a instalação." Destacaou Sebastião em nota ao Diário Reservense.


VULNERABILIDADE - A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e a Sanepar são as principais responsáveis pelo desenvolvimento do programa no Estado, em parceria com os municípios. A melhoria do abastecimento de água e das condições de habitabilidade tem como alvo as residências de famílias em situação de vulnerabilidade social, com renda familiar per capita de até R$ 499, habitantes da área urbana nos municípios prioritários com baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que possuem os indicadores sociais e econômicos mais críticos do Estado.


SAÚDE - O secretário estadual de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, disse que o programa ataca problemas sociais que precisam ser vencidos no Paraná. “Água é saúde, é fundamental para higiene, para a boa alimentação. Água gera qualidade de vida. Esse programa é voltado às famílias que estão em situação de vulnerabilidade”, destacou Ney Leprevost.


Claudio Stábile, presidente da Sanepar, complementou que o Caixa d’Água Boa reforça os investimentos planejados pela companhia no Paraná, seguindo orientação do Governo do Estado. Os kits comprados pela companhia têm custo unitário de R$ 1.408. “O prazo de manutenção médio da Sanepar é de 24 horas e, nesse período as famílias contempladas não deixarão de ter água para consumo próprio. A Sanepar poderia atuar fora do Estado, mas temos um dever a cumprir no Paraná”, ressaltou.


Informações - Lorival Lima / Diário Reservense e AEN


 


Contato Comercial - (42) 9 8821-4782 / limalorival86@gmail.com
PB Agência Web